segunda-feira, 9 de maio de 2011

O QUE É LIBERDADE? SEXO ANTES DO CASAMENTO, PODE?

Pode um jovem casal de namorados cristãos fazer sexo antes do casamento? Essa é outra questão difícil que gostaríamos de abordar dentro desta discussão sobre a liberdade cristã. Novamente, pensemos nos outros antes de responder.



O sexo entre os jovens não casados, o ato em si, pode não ser o problema, ou a razão para responder sim ou não. Como sempre, cada pessoa envolvida deve ser levada em consideração. Quão comprometidos estão as duas partes desta relação? Quão maduros são eles para fazer sexo com segurança? Algum deles pensa no sexo apenas como mero passa-tempo, diversão? As duas partes querem fazer sexo ou uma delas está sendo pressionada a tomar esta decisão pela outra? Não tenho uma resposta pronta para oferecer, hoje eu diria sim ou não a partir de uma análise cuidadosa da situação.



Como eu disse quando falávamos sobre o apoio aos homossexuais algumas postagens atrás, o casamento não acontece quando assinamos alguns papéis, e na verdade, há jovens namorados mais “casados” (ou seja, mais comprometidos e devotados um ao outro) do que muitos casais que estão com os papéis em dia. Não dá pra dizer hoje pode, ontem não podia, com base apenas nos documentos. Que o critério para se tomar esta decisão esteja sempre baseado no amor ao próximo.

4 comentários:

Thainty disse...

Eu costumo dizer o seguinte: Existem casos e casos! Para expor minha opinião em um assunto tão delicado vou usar o que acho ser o correto para o ato sexual entre um casal. Vou começar dizendo que PAPEL NÃO SIGNIFICA NADA! O que realmente deve se pensar antes de querer uma vida sexual ativa com seu namorado é o seguinte: o amor de ambos, o caráter de ambos e principalmente: a intenção que ambos tem. Partindo desse principio eu resumo dizendo o seguinte: PODE TRANSAR A VONTADE COM SEU PARCEIRO (A) desde que estejam certos do que querem, estejam certos de tal atitude... que se amem de verdade e que tenham planos até de querer viver uma vida juntos. Fazer sexo não é a mesma coisa que trocar de roupa. (as vezes tenho a impressão que os homens pensam assim) mas nós mulheres, que somos tão sensíveis, tão emotivas... precisamos pensar mais que o homem para essa decisão. É algo que vai te marcar para o resto da vida. E se não der certo, você pode sofrer grandes traumas.

Mas vou dizer algo a vocês: Se estudarem o que a bíblia diz sobre o sexo, vão ficar passados! Cada historia arrepiante rsrs... Então queridos não se preocupem, não será isso que levará você ao inferno. Existem coisas muito mais importantes que deixamos passar e que nos condenam. Sexo é bom, é de Deus... Curta com seu parceiro de forma sensata e correta.

Obs: Não permitem ser influenciados por contextos bíblicos! Contexto sem texto é pretexto para heresia. Tome cuidado com uns fanfarrões religiosos que mal sabem dizer que JESUIS FUI ALI I VORTA JAH.
Parabens pelo texto Professor! (vamos aguardar as polemicas) hahaha adoroooo!

william disse...

é um assunto mto complexo pq depende do caso, de como vc enxerga o sexo, o que o ato significa pra vc e principalmente entra a questão do próximo(a) no caso, o que representa, significa e como ele(a tbem enxerga isso...superadas essa questões, acho mto saudável e fundamental para o casal (homo ou hetero, mais polemica rs) sexo é se não a maior, uma das maiores intimidades e demonstração de afeto e amor...se essa intimidde se der antes de assinar um papel ou de participar de um rito religioso, amem tbem...não levamos por contexto bíblico, pq sexo tem mtas interpretaçoes e casamento tbem...sexo e casamento na biblia tem interpretaoes diferentes de hoje....sexo deve ser decidido entre os parceiros e não entre versiculos.

Anderson de Oliveira Lima disse...

Amigos, tanto a Thalita quanto o William são suficientemente maduros na fé para entender as minhas opiniões. Na verdade, nos comentários os dois acabam por acrescentar argumentos importantes que faltavam em minhas postagens.

Legal que temos a opinião de uma moça e de um rapaz, ambos concordando que papéis não podem nos dizer o que podemos ou não podemos fazer. Sou muito agradecido a todos os que lêem e opinam.

A resposta a cada uma dessas perguntas pode variar sim de acordo com as circunstâncias e de pessoa para pessoa. O objetivo real é ensinar o cristão a pensar por si mesmo, a tomar decisões e assumí-las.

Espero que estes textos e comentários alcancem aqueles que ainda não são livres para isso.

Pensar é Fundamental disse...

Anderson,

Meu trabalho sobre Filosofia foi sobre o tema, e a minha opnião é a seguinte: Deus inventou o sexo e não o casamento. E como tudo na vida, temos que fazer com amor ao próximo, independente de ser namorado, ficante, homossexual ou não, ter compromisso ou não. Ou seja, desde que eu faça sexo sem prejudicar o próximo está tudo certo. Para saber se está ou não prejudicando, devemos estar atentos ao prazer do outro, acho que isso já é um bom começo...