terça-feira, 22 de março de 2011

NOVO ARTIGO PUBLICADO


Costumo sempre divulgar no blog, não apenas os textos mais breves que escrevo especialmente para este meio de comunicação, mas também anuncio aos meus leitores a publicação de artigos acadêmicos. Desta vez, quero divulgar a publicação de um novo artigo meu intitulado “O Casamento de Jesus: Um Enredo do Antigo Testamento na Construção da Narrativa de João 4”. O artigo trata do emprego de um padrão de linguagem do Antigo Testamento na construção da história do encontro de Jesus e da mulher samaritana. A estrutura da narrativa segue os passos de um casamento, e um leitor atento, que conhece bem as histórias de casamento do Antigo Testamento, fica cada vez mais convencido, durante a leitura, de que no final Jesus vai se casar com a mulher samaritana. Claro que isso não acontece, é uma “pegadinha” do autor, que acaba fazendo Jesus “casar-se” com todos os samaritanos de fé.

Infelizmente, o site da PUC-Minas, publicadora da Revista Horizonte, não disponibilizou dois artigos para o leitor em PDF, dentre os quais, está o meu. Assim, até o momento, esse artigo de que gosto tanto só é acessível para aqueles que encontrarem a revista em sua forma impressa. Caso isso mude, informarei a todos aqui pelo blog. Por enquanto, a referência exata para quem quer procurar o artigo é:

LIMA, Anderson de Oliveira. O Casamento de Jesus: Um Enredo do Antigo Testamento na Construção da Narrativa de João 4. In. Revista Horizonte, v. 8, n. 19. Belo Horizonte: Pontifícia Universidade Católica de Belo Horizonte, 2010, p. 138-152.

2 comentários:

Francisco Junior disse...

Dispertou curiosidade. Fiquei com vontade de saborear está fatia indicada. Espero que em breve esteja disponivel no site da Universidade.

keiker disse...

É o casamento de Jesus, fiquei intrigado e curioso, mais dei uma lida na narrativa lembra bastante a passagem, de Eliezer e Rebeca no posso, meu Deus nunca vimos isto srsrsr

Valeu mestre, e pega leve com os meninos la do 1 semestre, os caras ja estão em crise rsrsrsrs.